Somente Kardec

*

Caro leitor, gostaria apenas de ressaltar que você pode perceber que este blog tem por prioridade expor as realizações de um contínuo estudo sistemático da Doutrina Espírita. Tal estudo o entendemos tão somente como a leitura e reflexão metódica das obras de Allan Kardec juntamente com os trabalhadores do Espírito da Verdade. Não há razões para se recorrer a pretensos intermediários, para fazer uso de apostilas, para se recorrer às “luzes” de psicografias posteriores a árdua atividade da investigação kardeciana. Não é por acaso que fora um eminente pedagogo francês que se responsabilizou em fundar a Doutrina dos Espíritos na Terra. Em todos os seus textos há um alto senso educacional que é capaz de orientar uma imensa gama de iniciados ao estudo da doutrina, desde os menos preparados aos mais gabaritados culturalmente, segundo os valores convencionais da sociedade. É somente Kardec que faz compreender o verdadeiro critério de seleção de tudo o que possa vir posteriormente a fundação da Doutrina Espírita na Terra. Portanto, para o estudo da Doutrina Espírita, para a efetiva assimilação de seu espírito, de sua proposta civilizatória, para uma relação profunda e autêntica com as fontes proféticas da Terceira Revelação, somente Allan Kardec e o Espírito da Verdade. Aprenda Espiritismo com o Espírito da Verdade. 

Anúncios

4 respostas em “Somente Kardec

  1. Aquele meu amigo que te falei disse que Leon Denis e Chico Xavier são tão grandes quanto Kardec,ou seja,que os livros deles são complementares ao estudo da Doutrina Espírita.Ele disse que Kardec é só a base,mas que ao passar dos tempos outros vultos surgirão para complementar a obra do Kardec,assim como Kardec complementou a obra de Cristo,e este à de Moisés.

    • Kardec não é a base, no sentido de básico, preliminar, insuficiente; é o fundamento, de modo que tudo o que venha depois dele, em termos de doutrina, tem de estar de acordo com ele. Simples assim. Entre Moisés, Cristo e Kardec há uma nítida linha de desenvolvimento de princípios fundamentais. A tal da “complementação” por enquanto só se apresentou como uma tosca roupagem de religiosismo motivacional e sem coerência doutrinária, no caso do mediunismo brasileiro. Primeiro o espiritismo precisa ser assimilado realmente pelos espíritas, depois, desenvolvido, isto é, relacionado com a cultura geral; até lá, já passarão alguns séculos, visto como ele está continuamente sendo desfigurado.
      Leon Denis não tem nada a ver com complementação, ele é talvez o primeiro exemplo histórico de assimilação e desenvolvimento. Essas afirmações gratuitas só são frases de efeito…

      • …é preciso que, sem reservas, o Espiritismo se lance na corrente do pensamento (Ciência e Filosofia) humano … Os princípio e fundamentos já estão estabelecidos. Mediunidade só no Espiritismo, (Herculano Pires) fora disso somente mediunismo. Espiritismo só em Kardec, fora disso, só ha trabalhos individuais que mais representem uma opinião própria; muito diferente do trabalho de Ciência e Filosofia que Kardec fez alicerçado, no consenso universal do ensino dos Espíritos (Autoridade da Doutrina Espírita).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s