Prece – Tremor da Aurora

 

Prece – Tremor da Aurora 

Deixa eu ser todo esse, Pai, todo esse sentimento vasto e profundo. Deixa eu ser todo esse mundo que brota do mais fundo.

Ai, deixa eu ser essa cálida e maviosa tristeza, que tem o ar de outras paragens, de outras levezas.

Deixa eu ser todo esse mundo que estremece no mais fundo… no fundo… da imensidão do coração, que agasalha os mais cristalinos sussurros.

Pai, deixa eu ser um tremor de Beleza, uma realização da poesia, uma afirmação da bondade.

Permite, Senhor, o advento desse outro mundo.

Faz nascer da dor, faz nascer do choro, faz se alimentar das lágrimas.

Ai, Pai! Não deixa mais esse nada permanecer.

É horrível toda essa fraqueza, essa inércia, essa impureza.

Senhor, deixa… deixa vir o mundo de amor.

 

Rafael Meneses

Escrito em 06.11.2012, em noite de tristeza.

Anúncios

Uma resposta em “Prece – Tremor da Aurora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s